quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Cestas customizadas com medalhões de crochê


                    Dias atrás coloquei AQUI, o que chamei de medalhões de crochê .  Como disse, eles poderiam  servir para muitas coisas diferentes e hoje mostro o que fiz com eles.

                   Há um tempo atrás eu comprei três cestas feitas com palha de milho numa feira de artesanato na cidade de Poços de Caldas - Minas Gerais. Não resisto a essas feiras , sempre encontro algo  interessante e compro.  As cestas são bem bonitas boas para colocar pães numa mesa de café da manhã. Mas... faltava alguma coisa e foi aí que encontrei o destino dos medalhões de crochê que fiz.

                     


                 Como tinha quatro medalhões, usei um em cada uma das cestas menores e dois nas laterais da cesta maior.




                       Para fixar usei linha e agulha de costura  aproveitando os espaços da trama da cesta para costurar. Não usei cola quente porque acho que deixa o trabalho grosseiro e mal acabado. E sendo costurado é possível  retirar para fazer a limpeza se for necessário.




                 Simples assim ! Agora tenho cestas personalizadas para o meu café da manhã.

                Tenha um ótimo dia!

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

W.I.P (Work in Progress - Trabalho em progresso) - Medalhões em crochê

                  O que você faz quanto tem pouco tempo para fazer coisas que gosta?

                  Sempre quando tenho pouco tempo para ler, por exemplo, eu leio poesia ou contos. São lindos e em pouco tempo eu sei de toda a história.

                  Com o crochê é a mesma coisa. Embora seja muito bom produzir uma peça elaborada pode demorar meses.

                 Nestes dias de primavera meio chuvosa por aqui, eu peguei minha caixa de linhas e fiz várias florzinhas :


                    
               Fiz também algumas folhas:


          Testei este tipo de folha, feito apenas com correntinhas e ponto baixíssimo:


             Para aplicar as flores e folhas, fiz este motivo redondo em ponto baixo, ficou bem firme, parecendo um medalhão:

            Com todas peças prontas, hora de montar o quebra cabeça :


               Costurei com cuidado usando linha de costura e montei meu medalhão em crochê !


               Qual o destino para ele? Pensei em várias coisas, usar como um coaster (porta copos) bem estiloso, usar como um enfeite para árvore de Natal, aplicar numa bolsa ou carteira... afinal a imaginação não tem limites.

                    No próximo post mostro o  trabalho pronto e onde usei meus medalhões de crochê

                    Tenha um ótimo dia!



sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Toalha redonda em crochê com estrela

                    Mais uma toalha em crochê feita pela minha avó .

                    Você pode perguntar : "Afinal, para que tantas toalhas com motivo de estrelas?" Acontece que ela tecia essas toalhas como amostras e presenteava as pessoas com elas. Se observar bem, são todas diferentes. Sorte nossa que temos várias obras de arte para apreciar.











Ternha um ótimo final de semana!

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

São Francisco de Assis

         Hoje, 04 de outubro, é dia de São Francisco . Assis, na Itália, lugar onde nasceu São Francisco é uma cidade mágica. Tive o privilégio de andar por aquelas ruas duas vezes, em dias muito gelados do inverno italiano. Ainda volto pra lá na primavera... Dá a impressão que vamos encontrar São Francisco caminhando pelas ruas com toda sua simplicidade e fé. Na verdade, ele está lá...e por aí, pelo mundo também.

  

Cântico do Irmão Sol

Altíssimo, onipotente, bom Senhor,
Teus são o louvor, a glória, a honra
E toda a benção.
Só a ti, Altíssimo, são devidos;
E homem algum é digno
De te mencionar.
Louvado sejas, meu Senhor,
Com todas as tuas criaturas,
Especialmente o Senhor Irmão Sol,
Que clareia o dia
E com sua luz nos alumia.

E ele é belo e radiante
Com grande esplendor:
De ti, Altíssimo é a imagem.

Louvado sejas, meu Senhor,
Pela irmã Lua e as Estrelas,
Que no céu formaste claras
E preciosas e belas.

Louvado sejas, meu Senhor,
Pelo irmão Vento,
Pelo ar, ou nublado
Ou sereno, e todo o tempo
Pela qual às tuas criaturas dás sustento.

Louvado sejas, meu Senhor,
Pela irmã Água,
Que é mui útil e humilde
E preciosa e casta.

Louvado sejas, meu Senhor,
Pelo irmão Fogo
Pelo qual iluminas a noite
E ele é belo e jucundo
E vigoroso e forte.

Louvado sejas, meu Senhor,
Por nossa irmã a mãe Terra
Que nos sustenta e governa,
E produz frutos diversos
E coloridas flores e ervas.

Louvado sejas, meu Senhor,
Pelos que perdoam por teu amor,
E suportam enfermidades e tribulações.

Bem aventurados os que sustentam a paz,
Que por ti, Altíssimo, serão coroados.

Louvado sejas, meu Senhor,
Por nossa irmã a Morte corporal,
Da qual homem algum pode escapar.

Ai dos que morrerem em pecado mortal!
Felizes os que ela achar
Conformes á tua santíssima vontade,
Porque a morte segunda não lhes fará mal!

Louvai e bendizei a meu Senhor,
E dai-lhe graças,
E servi-o com grande humildade