domingo, 29 de julho de 2012

Presente para Mariana - Blusa em crochê com quadrados

       Fazer roupas para crianças é algo que gosto muito. Granny Squares também.  Desta vez uni o útil ao agradável, fazendo a blusa que mostro aqui para a minha sobrinha Mariana que tem 3 anos.
       Não copiei receita de nenhum site ou revista, fui inventando aos poucos.
       Inventar uma peça tem seus riscos, porque às vezes é preciso desmanchar mais de uma vez. Ao mesmo tempo dá liberdade para inventar o que quiser.
       A blusa pronta é esta aqui:


        Apesar de não ter receita escrita vou contar como foi que eu fiz.

       Primeiro peguei as medidas numa blusa pronta que tinha o tamanho ideal. Usei lã Super Bebê da Cisne nas cores azul marinho e vermelho.

       Comecei pelos quadrinhos da barra : fiz apenas duas carreiras e costurei com agulha comum formando duas fileiras  com cores alternadas, tanto para frente como para as costas. A partir daí o corpo todo foi feito em ponto alto.
 



             As cavas eu fiz raglã diminuindo um ou dois pontos a cada carreira. Como é tecido tudo em ponto alto, a cava fica parecendo uma escadinha.
            O decote na parte da frente é quadrado, estreito e um pouco mais profundo para costurar a gola depois.
            As mangas foram feitas em ponto alto.  O detalhe em vermelho fiz no final.
            Para seguir uma proporção, o número de carreiras do corpo até a cava é o mesmo que das mangas. As diminuições da cava são idênticas no corpo e na manga da blusa.
            Depois de prontas as partes costurei com agulha comum usando a própria lã azul como fio.


                 A gola é uma tira reta alternando duas carreiras em ponto alto na cor azul e duas carreiras em ponto baixo vermelhas. Fazendo duas carreiras, a troca de cores fica sempre do mesmo lado do trabalho que, neste caso, foi o lado que usei para costurar a gola no corpo da blusa.


                Depois de tudo costurado fiz o acabamento final nas mangas repetindo o mesmo padrão da gola em azul e vermelho. Na barra fiz duas carreiras azuis em ponto baixo.

               Gostei do resultado : é uma blusa de menina que foge do padrão rosa e lilás que tanto se vê por aí.

Para saber mais :

Todos os post aqui do Blog com quadrados de crochê / granny squares você encontra aqui:

http://desdeotempodavovo.blogspot.com.br/search/label/quadrados%20de%20croch%C3%AA
 

sábado, 28 de julho de 2012

Almofadas com Crochê - Quanto mais modelos, mais na dúvida em fico

                             Nesses dias andei explorando o Pinterest  (para quem não sabe, é uma rede que reúne murais virtuais, onde se organiza imagens preferidas da internet).

                            Como quero fazer algumas almofadas novas para minha casa, coloquei na busca do Pinterest o termo (almofadas - crochê/ crochet cushions), para ver que tipo de trabalhos iriam aparecer
                 
                           Encontrei muitas  ideias inspiradoras que, por enquanto, só me deixaram na dúvida, ou com vontade de fazer todas... mas acho que não tenho tanto espaço para almofadas no meu sofá...

                           Olha cada coisa interessante consegui encontrar (e já formei um painel na minha página no Pinterest).
                               
                            Com flor de crochê aplicada:




                          Com aplicações coloridas num fundo bem clarinho:

]



         Com botões coloridos para fechar :


                           
       Com formato geométrico


      Com espiral e manta combinando:


           Alegres e coloridas




           De cores mais sóbrias:
]]



           Redondas 


          Divertidas com cara de corujinha e Papai Noel





        Deu pra entender ? Quanto mais modelos, mais na dúvida eu fico! 
        Acho que vou ter que pensar um pouco mais sobre como serão minhas almofadas novas.
        E também a aprender a usar melhor o tal do Pinterest

Para saber mais  sobre o Pinterest




Minha página no Pinterest onde garimpei todas essas imagens e lá tem a autoria delas   (você precisa ter uma conta lá para poder fazer as pesquisas que eu fiz)




quinta-feira, 26 de julho de 2012

26 de Julho - Dia dos Avós

         Hoje é dia dos Avós. Nada mais justo do que homenagear a todos Vovôs e Vovós, lembrando da minha avó, dona Zilda, grande inspiradora desse Blog .

        Saudade sempre e obrigada por todas as coisas que ensinou a mim e a todos que tiveram o privilégio de conviver com a senhora.


Não sei se a vida
é curta
ou longa para nós,
mas sei que nada
do que vivemos
tem sentido
se não tocarmos
o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser:
colo que acolhe,
braço que envolve,
palavra que conforta,
silêncio que respeita,
alegria que contagia,
lágrima que corre,
olhar que acaricia, 
desejo que sacia, 
amor eque promove.
E isso não é coisa
de outro do mundo, é
o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
não seja nem curta,
nem longa demais,
mas que seja intensa,
verdadeira,
pura o quanto durar.
Feliz aquele que
transfere o que sabe 
e aprende o que ensina.

                                Cora Coralina

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Lá do Fundo do Baú - Revistas Antigas de Crochê

      Final de férias e eu arrumando algumas coisinhas em casa.

     Tenho uma caixa (que está cada vez mais pesada) cheia de revistas de tricô e crochê. Muitas revistas são bem recentes e gosto de dar uma espiada nelas para ter alguma inspiração quando vou iniciar algum trabalho. 

     Mas não são essas revistas que vou mostrar  e sim, algumas bem antigas, de edição  portuguesa que eram da minha avó.

      Elas não tem data, mas imagino que sejam dos anos 60. Tem trabalhos muito elaborados : colchas, toalhas, barrados, algumas roupas, alguns pontos. O curioso é que elas não apresentam a receita das peças, só fotos em preto e branco dos trabalhos, algumas até bem pequenas. Só alguns pontos é que possuem a receita escrita.

      Bem à moda antiga , para copiar algum modelo,  é como se você pedisse emprestado uma amostra para uma amiga e copiasse ponto por ponto, sem receita, sem passo a passo.

      Veja só :




       Alguns dos trabalhos:






        Moda feminina:



           E os pontos, esses sim com as receitas escritas :



           Por último, algumas fotos mais aproximadas, para quem quiser se arriscar a copiar os motivos:




        Como colcha é algo bem difícil para se fazer, alguns motivos mais simples, inclusive quadrados (granny squares) que são meus favoritos:




               Eu sei copiar motivos a partir de uma foto, é você?

quinta-feira, 12 de julho de 2012

O Vestido de Noiva Preto - De Férias no Rio Grande do Sul

              Hoje em dia, qualquer casamento, por mais simples que seja é um evento!!! Igreja, salão, foto, vestido da noiva, lembranças, viagem,lista de presentes, de convidados, convites, tanta coisa que dá pra enlouquecer qualquer noiva...

         Eu particularmente, não acho que seja necessário tudo isso, mas .... quem sou eu pra dar palpite no sonho alheio, não é?

          Na verdade, as pessoas devem fazer aquilo que sonham e que  eventualmente cabe no bolso. E, se não couber, vale também algumas faturas bem recheadas no cartão de crédito.

            Como diria minha avó : "Gosto não se discute".

        Agora vamos ao assunto do título do post : " O Vestido de Noiva Preto". Se este fosse um blog fashionista, certamente apareceria aqui algum vestido de estilista famoso que veste princesas ou gente famosa, mas em lugar disso vou colocar mais uma foto do Museu Municipal de  Nova Petrópolis - RS. Trata-se de um casamento que aconteceu em 1905 e o vestido está exposto, junto com a foto e uma explicação sobre a cor. Como minha foto não ficou muito nítida, transcrevo aqui o texto:
      
        VESTIDO DE NOIVA PRETO

              " As famílias moravam longe da igreja ou do salão de baile onde seria realizado o casamento; as pessoas andavam a cavalo ou de carroças de boi para chegar nesses locais; as noivas também precisavam andar a cavalo muitas vezes entre trilhos ou estradas estreitas de chão batido. Em muitas dessas ocasiões chovia e o vestido preto não sujaria tanto de terra quanto o branco. As famílias geralmente eram pobres e não tinham condições de comprar muitas roupas para ocasiões diferentes; então o preto seria usado no casamento e futuramente como luto em algum enterro."

                      Olhando as fotos, só dá pra pensar  : "Em pouco mais de um século, quanta coisa mudou com relação a cerimônia de casamento!"





Para saber mais :

Site da prefeitura de Nova Petrópolis:

terça-feira, 10 de julho de 2012

Mais Férias no Rio Grande do Sul - Museu Municipal - Parque Aldeia do Imigrante - Nova Petrópolis



             Ontem o tempo estava ótimo, não durou muito , é verdade, porque hoje já amanheceu nublado e choveu a tarde toda.
             Estamos hospedados em Nova Petrópolis. É uma cidade muito linda e simpática, sem aquele agito de Gramado, mas ao mesmo tempo bem próxima (mais ou menos uns 40 km).
           Uma da principais atrações da cidade é o Parque Aldeia do Imigrante, onde existe uma vila alemã com a reconstrução de antigos prédios históricos, removidos de diversas partes do interior, mostrando como era uma vila alemã entre 1870 e 1910.
          Lá também há o Museu Municipal, com muitos objetos da mesma época.
          Adoro esses museus que mostram cenas do cotidiano. Dá pra ver como tudo funcionava antigamente e sem nossas tecnologias atuais. Se hoje em dia tem muita gente que entra em desespero porque não consegue acessar a internet, imagina você não ter energia elétrica para fazer funcionar qualquer máquina que temos hoje?
         Pensando no universo craft, coloco aqui algumas fotos do Museu Municipal de Nova Petrópolis, uma homenagem a todas as pessoas que viveram numa época onde tudo era feito à mão, ou quase isso.

Fachada do Museu

A Igreja

A Escola
         

Carteiras com espaço para colocar o tinteiro
Nada lousa digital... quadro negro mesmo

A casa do professor


A casa do professor

A cantina

           Aqui vários objetos do cotidiano

Bicicleta em madeira feita à mão


Louça, com toalha de crochê, claro



Fogão de ferro, muito diferente do microondas
Enrolador de lã

Máquinas de costura, sem motor ,é claro





Máquina para costurar sapatos e selas
Para saber mais :

Site da prefeitura de Nova Petrópolis: