quinta-feira, 12 de julho de 2012

O Vestido de Noiva Preto - De Férias no Rio Grande do Sul

              Hoje em dia, qualquer casamento, por mais simples que seja é um evento!!! Igreja, salão, foto, vestido da noiva, lembranças, viagem,lista de presentes, de convidados, convites, tanta coisa que dá pra enlouquecer qualquer noiva...

         Eu particularmente, não acho que seja necessário tudo isso, mas .... quem sou eu pra dar palpite no sonho alheio, não é?

          Na verdade, as pessoas devem fazer aquilo que sonham e que  eventualmente cabe no bolso. E, se não couber, vale também algumas faturas bem recheadas no cartão de crédito.

            Como diria minha avó : "Gosto não se discute".

        Agora vamos ao assunto do título do post : " O Vestido de Noiva Preto". Se este fosse um blog fashionista, certamente apareceria aqui algum vestido de estilista famoso que veste princesas ou gente famosa, mas em lugar disso vou colocar mais uma foto do Museu Municipal de  Nova Petrópolis - RS. Trata-se de um casamento que aconteceu em 1905 e o vestido está exposto, junto com a foto e uma explicação sobre a cor. Como minha foto não ficou muito nítida, transcrevo aqui o texto:
      
        VESTIDO DE NOIVA PRETO

              " As famílias moravam longe da igreja ou do salão de baile onde seria realizado o casamento; as pessoas andavam a cavalo ou de carroças de boi para chegar nesses locais; as noivas também precisavam andar a cavalo muitas vezes entre trilhos ou estradas estreitas de chão batido. Em muitas dessas ocasiões chovia e o vestido preto não sujaria tanto de terra quanto o branco. As famílias geralmente eram pobres e não tinham condições de comprar muitas roupas para ocasiões diferentes; então o preto seria usado no casamento e futuramente como luto em algum enterro."

                      Olhando as fotos, só dá pra pensar  : "Em pouco mais de um século, quanta coisa mudou com relação a cerimônia de casamento!"





Para saber mais :

Site da prefeitura de Nova Petrópolis:

Nenhum comentário:

Postar um comentário