Pular para o conteúdo principal

Que venha o inverno ! Toalha de Crochê branca com jeito de Floco de Neve

  
As marcas da família na neve - Parma - Itália
             Ao contrário de muita gente, eu adoro o inverno.
             Mesmo com seus dias mais curtos e muitas vezes cinzentos eu prefiro frio a derreter de calor por aí.
             Gosto da cama cheia de cobertores, de chocolate quente, daquele barulhinho gostoso de sopa fervendo no fogão, tomar vinho (que é bom com qualquer temperatura), comer fondue, assistir filmes no sofá debaixo do cobertor,  de lareira, de noites frias e estreladas, de usar roupas de frio: adoro cachecóis e botas; acho as roupas de inverno mais elegantes  e...ufa!!! escondem todos aqueles quilos a mais que a gulodice invernal nos dá.
             Prefiro viajar para lugares de serra do que praia, embora também adore ver o mar  ( isso é coisa de gente ruiva que vira um camarão com meia hora de sol). 
              O azul do céu nos dias frios e ensolarados é simplesmente maravilhoso e as estrelas brilham mais nas noites escuras.
              O inverno de São Paulo não é o melhor porque é úmido demais. Invernos mais secos  são melhores .
               Entendo perfeitamente todos aqueles  turistas esperando pela neve nas Serras Gaúcha e Catarinense. Já fiz isso mas vi no máximo geadas.
              Mas tive o privilégio de ver a neve na Itália e gostei da experiência. Ver aqueles floquinhos caindo foi muito lindo. A visão da neve pela primeira vez é inesquecível.
              E hoje é o dia que marca no calendário o início do inverno. Aqui em São Paulo foi um dia muito cheio de umidade e chuva, molhado demais para a época, mas quem entende o tempo nos dias de hoje?
              Para brindar a chegada da estação mais um trabalho da minha avó: uma toalha de crochê em formato hexagonal, com uma estrela em crochê filé. Parece um floquinho de neve. E também algumas fotos da minha aventura na neve em Parma, cidade italiana que visitei em 2009 e 2010.









Parma - Itália


Parma - Itália

Parma - Itália
              Aproveite bem a estação, gostando ou não do frio!
            


           
           
           

Comentários

  1. Olá querida,
    Parabens também pra voce, lá no Banana de novo!!!
    Adoro seus trabalhos, acho seus croches muito caprichados e tudo mais muito inspirador !
    Beijos e grata pela visita e seu comentário pra lá de carinhoso!
    Beijos,
    jud-artes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Jud !
      Vamos continuar as visitas. Gosto muito do alto astral do seu blog também! Beijos
      Marcia Cristina

      Excluir

Postar um comentário

Postagens populares

Casaquinho de Bebê em Crochê

Este modelo de casaquinho é um clássico. Foi uma das primeiras peças que aprendi fazer em crochê. Já perdi a conta de quantos eu já fiz. Mas eu adoro ver um bebê vestido com um destes. 
                 Não é difícil e é possível fazer para bebês de qualquer idade e variar o ponto. O segredo está na pala que você pode aumentar ou diminuir para o tamanho que quiser. Este VÍDEO  mostra como fazer a pala em vários tamanhos; depois é só caprichar nos detalhes.
                   Escolhi este ponto; acho que combina bem com roupinhas de bebê.


                     Aqui vemos os aumentos na pala e o acabamento do decote e da frente.

                       No arremate das mangas, fiz em ponto baixo, com diminuições no punho.
                    Acabamento em forma de leque na frente e na barra.


                   Botões e fita laranja para dar contraste.


                  Pronto! Este casaco irá aquecer uma criança carente.                   Tenha um ótimo final de semana!

Faça você mesmo - 3 Gorros em tricô para Bebê

Para combinar com os sapatinhos que mostrei no último post fiz também os gorros em tricô, usando o mesmo material: fio Super Bebê da Cisne e agulhas de tricô número 3.



Gorro 1

       Ponto arroz (fantasia) :  1a. carreira : *1 meia, 1 tricô*  repetir até o final da carreira ;  2a carreira : desencontrar os pontos ponto tricô sobre meia e meia sobre tricô.
         Montar 102 pontos na agulha trabalhar 8 carreiras em tricô ( 4 cordões), 1 carreira de passa . Continuar trabalhando no ponto fantasia até 15 cm no total). Arrematar 33 pontos de cada lado e continuar apenas os 33 pontos centrais em ponto meia (direito meia, avesso tricô) por mais 11 cm. Costurar conforme o gráfico.

          Depois de costurado, na parte correspondente ao pescoço, montar  os pontos e fazer  4 carreiras (2 cordões) em tricô, 1 carreira de passa fita (*2 pontos juntos em tricô, 1 laçada, 1 tricô* ; repetir de * a * até o final da carreira) 4 carreiras (2 cordões) em tricô , arremate e passe a fit…

Presépios em Crochê

O Presépio é um dos símbolos mais bonitos do Natal. Sua origem vem do século XII quando São Francisco de Assis numa noite de Natal fez a representação do nascimento de Jesus  com a imagem do Menino rodeado por um boi e um jumento vivos. Essa encenação repercutiu primeiro na Itália , se espalhou  entre a nobreza europeia e depois para todas os lugares, tornando-se um dos mais tradicionais símbolos natalinos.
               Hoje é possível vermos presépios feitos dos mais diversos materiais e formatos, mas todos lembram o significado do Natal e o nascimento de Jesus.
                    Abaixo alguns presépios feitos em crochê para comemorar o Natal:
                     Em crochê Filé (aqui)


                  Em estilo amigurumi   (aqui)

                 Cheio de detalhes com carneirinhos fofos (aqui)






                Em branco com pérolas (aqui)

             Usando rolhas de vinho (aqui)


               Por último dois modelos bem simples que não são de crochê, mas que p…

Casaquinho de Bebê em Crochê

Dois casaquinhos em crochê para bebê. Não é nenhum modelo novo, mas embora sendo muito tradicional é muito fácil fazer e deixa  o bebê quentinho.
                 Esse modelo de casaquinho foi uma das primeiras coisas que aprendi a fazer em crochê, acho eu deveria ter uns 12- 13 anos. Aprendi com minha avó  (sempre ela...) e continuo a repetir até hoje.
                Dá para variar o tamanho para bebês maiores ou recém nascidos, não tem costuras  e o ponto fantasia pode ser qualquer um que você queira. Já fiz até usando somente ponto alto na peça inteira.
                 Não vou escrever uma receita, mas olhando as fotos e com algumas dicas dá para fazer tranquilamente.
                   Começamos pelo decote e usando pontos altos. Esses casaquinhos da foto são um pouco maiores acho que para um bebê de 3-6 meses.
                  Começar fazendo uma correntinha de 72 pontos, 3 correntinhas para virar e fazer pontos alto da seguinte maneira : 12 ponto alto (frente…