segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Crochê está na moda

          Toda semana a revista Veja São Paulo publica uma sessão chamada As Boas compras.

          O tema dessa semana é o crochê, claro.

          Tem algumas coisas bem interessantes , e os lugares onde é possível comprar, com preços e tudo.

          Por razões absolutamente sentimentais, eu ainda fico com os crochês da minha avó. Quanto custaria a toalha branca feita por ela que eu postei ontem aqui no blog? Como diz o comercial :  " Tem coisas que o dinheiro não compra..."

Para saber mais  :

Veja SP - As Boas Compras - Crochê

domingo, 25 de setembro de 2011

O crochê da vovó Zilda no BananaCraft

      Já faz algum tempo que acompanho as publicações do BananaCraft.
      É muito bom ler as postagens da Daniele Sinhorelli. Tudo por lá tem um  bom gosto incrível e dá vontade de fazer tudo o que aparece ali.
     Nesta semana as fotos aqui do blog apareceram na sessão As Melhores Fotos da Semana no Grupo BananaCraft.
     Nem precisa dizer que eu adorei estar lá também.
     Obrigada Dani, por escolher minhas fotos entre tantas tão lindas que são publicadas no grupo! É um grande incentivo!
    Para ver as fotos no blog , clique  BananaCraft


Para saber mais :
http://www.bananacraft.com/blog/

Primavera e Flores Brancas

     

          Mais uma primavera começando. Em São Paulo, com frente fria, temperatura despencando, ventania e alguma chuva. Mas não faz mal, isso passa. E essa estação é sempre inspiradora.
         A inspiração aqui vem de duas fontes : uma delas é a poesia de Mario Quintana,  brilhante poeta gaúcho,  um dos meus preferidos. A segunda inspiração vem de uma das heranças da minha avó: Uma toalha redonda de crochê feita em pedacinhos e com belas flores e cataventos, como a poesia de Quintana

Canção da Primavera - Mário Quintana
(Para Érico Veríssimo)

Primavera cruza o rio
Cruza o sonho que tu sonhas.
Na cidade adormecida
Primavera vem chegando

Catavento enlouqueceu,
Ficou girando, girando.
Em torno do catavento
Dancemos todos em bando.

Dancemos todos, dancemos,
Amadas, Mortos, Amigos, 
Dancemos todos até
Não mais saber-se o motivo...

Até que as paineiras tenham
Por sobre os muros florido!









Mais quadrados de crochê - Casaco

           Hoje vou mostrar um casaco , usando quadrados de crochê. Eu não tenho receita, aliás quase sempre eu busco uma receita mas  acabo modificando e criando uma peça diferente. Usei  um casaco que eu já tinha como medida e o resultado é este :



           O fio é  Sedificada da Pingouin  em três cores diferentes. É um fio bem  gostoso , tem lã na sua composição e por isso fica bem quentinho.
             Embora não não tenha a receita escrita, aqui vão algumas dicas de como eu fiz.                          
            Comecei pelos quadrados da barra; eles tem o mesmo modelo, só alternei as cores. O meu casaco tem dez quadrados.




          Costurei os quadrados uns nos outros até que ficassem na medida do quadril. A partir dessa tira com os quadrados, fiz o corpo em ponto alto. O casaco não tem costuras nas laterais, semelhante a alguns modelos de casaquinhos de bebê.


             O desenho não está perfeito, mas dá para ter uma ideia de como tudo foi feito.
          Depois do corpo pronto fiz as mangas. Costurei os ombros e a partir da cava fiz as mangas em círculo para evitar as costuras também. Não foi muito fácil, desmanchei algumas vezes até acertar a mão no tamanho; à medida em que ia fazendo a manga, fui experimentando para  ter certeza que o tamanho estava correto. Terminei com os quadrados (quatro no meu casaco). Esses eu costurei com a agulha de costura comum.

           Por último fiz os acabamentos em ponto baixo  : duas carreiras em cores  alternadas na manga  e na barra para não comprometer o visual dos quadrados, e oito carreiras em cores alternadas ao redor do decote, incluindo aí as casas para os botões.




Para saber mais  (onde busquei inspiração)