Pular para o conteúdo principal

ÁRVORE DE NATAL


            Adoro a época de Natal desde criança. A árvore e o presépio são os dois símbolos que mais gosto.
         O presépio, porque retrata a cena mais importante da data (embora muita gente se esqueça disso) e também porque foi idealizado por São Francisco de Assis.
       A  árvore porque me traz boas lembranças da infância quando íamos meu avô, meus irmãos e eu caminhando próximo aos trilhos do trem para comprar uma árvore natural numa chácara. Não pensem que isso aconteceu em algum lugar perdido do interior. Foi em São Paulo, capital, numa época em que se via vagalumes voando no quintal de casa  que  tinha horta, jardim, galinheiro, cachorro  , grama e tudo mais que uma criança precisa para brincar. Retornando à árvore de Natal : no meu tempo de criança, além da árvore de natural, me lembro que os enfeites era  muito parecidos com as bolinhas brilhantes  e plásticas de hoje, só que eram de vidro e por isso era preciso ter o maior cuidado do mundo para que eles não quebrassem. Nessa hora entrava em ação  a minha mãe que arrumava a árvore com todo cuidado para  minha alegria e dos meus irmãos. Pensando  nas minhas lembranças de criança acho que é por isso que prefiro as árvores verdinhas e os enfeites mais tradicionais. Não que eu ache as árvores coloridas feias, longe disso, mas a árvore da minha casa sempre será verde.
        Meu filho de 12 anos não teve o  privilégio das árvores naturais, mas nunca ficou sem árvore e presépio em casa.
           Este ano , como sempre,  estou  arrumando a casa, ou melhor o apartamento para o Natal, e resolvi inventar na hora de colocar os enfeites na árvore.

Minha árvore vazia...vazia.....
         
         Dei uma espiada na internet (como sempre) e vi vários modelos de flocos de neve feitos em crochê muito bonitos e de muitos tipos diferentes. Eles me inspiraram a fazer os enfeites para minha árvore. Só que  eu queria que os enfeites ficassem bem firmes sem precisar engomar como normalmente se faz com o crochê. Então comprei algumas pulseiras de argola bem fininhas numa loja de bijuterias e usei linha branca  compatível  agulha de crochê 1,50 mm. Para prender o crochê à pulseira, fiz uma carreira em ponto baixo ; em alguns fiz uma carreira a mais com um bico ou um acabamento diferente.


       Ainda não fiz em número suficiente para minha árvore ficar cheia de enfeites do jeito que eu quero, mas tenho feito aos poucos e colocando no lugar assim que ficam prontos.
      Nas fotos abaixo, alguns dos modelos de enfeites já prontos:





          O  mais importante é que o crochê fique do tamanho adequado para a pulseira, de maneira que depois de  prendê-lo  com o ponto baixo fique esticado e firme se engomar.
          Para pendurar o enfeite na árvore eu fiz mais ou menos quarenta correntinhas  e prendi no mesmo ponto onde comecei.
          Para dar um toque de brilho eu comprei a linha Reflecta da Coats Corrente dourada e prateada em alguns dos enfeites; outros fiz só com a linha branca. Essa linha é cara, mas acho que valeu o investimento, pois deu um toque de brilho .

          Como minha árvore tem cerca de um metro e sessenta de altura, e eu não vou conseguir fazer um número muito grande de enfeites, completei com as bolas tradicionais apenas em dourado e vermelho e luzinhas brancas para dar mais brilho à árvore.




           Por enquanto , a árvore está assim, mas vai ficar ainda mais cheia de enfeites. (Coloco uma foto quando terminar)

FELIZ NATAL!

Para saber mais:
Sobre os símbolos do natalinos  http://www.brasilescola.com/natal/simbolos-natal.htm

Comentários

  1. que hermoso quedó tu árbol de navidad. te felicito! es la primera vez que entro al blog, lo encontré de casualidad. Saludos y felices fiestas

    Vanesa

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens populares

Casaquinho de Bebê em Crochê

Este modelo de casaquinho é um clássico. Foi uma das primeiras peças que aprendi fazer em crochê. Já perdi a conta de quantos eu já fiz. Mas eu adoro ver um bebê vestido com um destes. 
                 Não é difícil e é possível fazer para bebês de qualquer idade e variar o ponto. O segredo está na pala que você pode aumentar ou diminuir para o tamanho que quiser. Este VÍDEO  mostra como fazer a pala em vários tamanhos; depois é só caprichar nos detalhes.
                   Escolhi este ponto; acho que combina bem com roupinhas de bebê.


                     Aqui vemos os aumentos na pala e o acabamento do decote e da frente.

                       No arremate das mangas, fiz em ponto baixo, com diminuições no punho.
                    Acabamento em forma de leque na frente e na barra.


                   Botões e fita laranja para dar contraste.


                  Pronto! Este casaco irá aquecer uma criança carente.                   Tenha um ótimo final de semana!

Faça você mesmo - 3 Gorros em tricô para Bebê

Para combinar com os sapatinhos que mostrei no último post fiz também os gorros em tricô, usando o mesmo material: fio Super Bebê da Cisne e agulhas de tricô número 3.



Gorro 1

       Ponto arroz (fantasia) :  1a. carreira : *1 meia, 1 tricô*  repetir até o final da carreira ;  2a carreira : desencontrar os pontos ponto tricô sobre meia e meia sobre tricô.
         Montar 102 pontos na agulha trabalhar 8 carreiras em tricô ( 4 cordões), 1 carreira de passa . Continuar trabalhando no ponto fantasia até 15 cm no total). Arrematar 33 pontos de cada lado e continuar apenas os 33 pontos centrais em ponto meia (direito meia, avesso tricô) por mais 11 cm. Costurar conforme o gráfico.

          Depois de costurado, na parte correspondente ao pescoço, montar  os pontos e fazer  4 carreiras (2 cordões) em tricô, 1 carreira de passa fita (*2 pontos juntos em tricô, 1 laçada, 1 tricô* ; repetir de * a * até o final da carreira) 4 carreiras (2 cordões) em tricô , arremate e passe a fit…

Presépios em Crochê

O Presépio é um dos símbolos mais bonitos do Natal. Sua origem vem do século XII quando São Francisco de Assis numa noite de Natal fez a representação do nascimento de Jesus  com a imagem do Menino rodeado por um boi e um jumento vivos. Essa encenação repercutiu primeiro na Itália , se espalhou  entre a nobreza europeia e depois para todas os lugares, tornando-se um dos mais tradicionais símbolos natalinos.
               Hoje é possível vermos presépios feitos dos mais diversos materiais e formatos, mas todos lembram o significado do Natal e o nascimento de Jesus.
                    Abaixo alguns presépios feitos em crochê para comemorar o Natal:
                     Em crochê Filé (aqui)


                  Em estilo amigurumi   (aqui)

                 Cheio de detalhes com carneirinhos fofos (aqui)






                Em branco com pérolas (aqui)

             Usando rolhas de vinho (aqui)


               Por último dois modelos bem simples que não são de crochê, mas que p…

Casaquinho de Bebê em Crochê

Dois casaquinhos em crochê para bebê. Não é nenhum modelo novo, mas embora sendo muito tradicional é muito fácil fazer e deixa  o bebê quentinho.
                 Esse modelo de casaquinho foi uma das primeiras coisas que aprendi a fazer em crochê, acho eu deveria ter uns 12- 13 anos. Aprendi com minha avó  (sempre ela...) e continuo a repetir até hoje.
                Dá para variar o tamanho para bebês maiores ou recém nascidos, não tem costuras  e o ponto fantasia pode ser qualquer um que você queira. Já fiz até usando somente ponto alto na peça inteira.
                 Não vou escrever uma receita, mas olhando as fotos e com algumas dicas dá para fazer tranquilamente.
                   Começamos pelo decote e usando pontos altos. Esses casaquinhos da foto são um pouco maiores acho que para um bebê de 3-6 meses.
                  Começar fazendo uma correntinha de 72 pontos, 3 correntinhas para virar e fazer pontos alto da seguinte maneira : 12 ponto alto (frente…