Pular para o conteúdo principal

Ouro de Minas


     


              Minha avó era mineira, minha mãe e meus tios também são . Não sei se é a genética, mas adoro tudo que vem de Minas Gerais : as  cidades, o povo, a comida,  a música , a poesia, o artesanato, a literatura,  as montanhas....
             Minas Gerais é  um estado tão grande e com tanta coisa bonita, que  vale a pena visitar. 
            Em julho de 2010, visitei  com minha família Belo Horizonte e algumas das cidades históricas : Ouro Preto, Mariana, Sabará, Congonhas e também Cordisburgo ( terra de Guimarães Rosa).
         Andar pelas ladeiras antigas dá mesmo friozinho na barriga; é como uma viagem na máquina do tempo. Admirar todos os belíssimos trabalhos de pintores, escultores, artistas e escravos... não tem como não amar  todas as maravilhas feitas a mão.
           Quem já se sentou nas escadarias da Igreja de Nossa Senhora do Carmo para ouvir os sinos tocando, sabe do que eu estou falando... é mágico.
              Coloco aqui algumas  (das muitas e muitas) fotos da minha viagem pelas Minas Gerais só pra dar vontade de ir até lá.







          O centro de mesa amarelo me  lembra o ouro das Minas Gerais e Ouro Preto. Acho que tudo aqui  combina, a beleza dos pontos em amarelo, as ladeiras e igrejas da cidade. Tudo é muito delicado e ao mesmo tempo, forte. Tem de tudo um pouco , como a poesia  de Cecília Meireles.




















Para saber mais :

            http://www.museusouropreto.ufop.br/    - Site da Universidade Federal de Ouro Preto que dá acesso aos Museus de Ouro Preto
            http://www.museuguignard.mg.gov.br/ - Site do museu que tem por objetivo divulgar e preservar a obra do artista
            http://www.ouropreto.com.br/pgnormal/pgs_normais.php?idcateg=2  - destaque para as igrejas e capelas de Ouro Preto
           http://www.releituras.com/cmeireles_menu.asp - um pouquinho sobre Cecília Meireles
           http://www.eravirtual.org/  -  site que divulga vários museus brasileiros. Dá pra fazer visitas virtuais  

Comentários

  1. Que lindos, crochês e fotos!!!
    Eu sou apaixonada por Minas, também! Meus avós, tanto maternos quanto paternos eram mineiros... Goiás e Minas Gerais tem muito em comum...
    Quanto aos meus gráficos sobre fotos, os faço usando o PAINT... Com o mouse vou desenhando um a um... Dá muito trabalho e tendinite, mas o resultado vale a pena...
    Abraços com carinho,
    Sônia Maria

    ResponderExcluir
  2. Sônia Maria,
    Obrigada pela dica. Vou tentar usar o paint quem sabe eu consiga fazer tão bem feito como você...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens populares

Casaquinho de Bebê em Crochê

Este modelo de casaquinho é um clássico. Foi uma das primeiras peças que aprendi fazer em crochê. Já perdi a conta de quantos eu já fiz. Mas eu adoro ver um bebê vestido com um destes. 
                 Não é difícil e é possível fazer para bebês de qualquer idade e variar o ponto. O segredo está na pala que você pode aumentar ou diminuir para o tamanho que quiser. Este VÍDEO  mostra como fazer a pala em vários tamanhos; depois é só caprichar nos detalhes.
                   Escolhi este ponto; acho que combina bem com roupinhas de bebê.


                     Aqui vemos os aumentos na pala e o acabamento do decote e da frente.

                       No arremate das mangas, fiz em ponto baixo, com diminuições no punho.
                    Acabamento em forma de leque na frente e na barra.


                   Botões e fita laranja para dar contraste.


                  Pronto! Este casaco irá aquecer uma criança carente.                   Tenha um ótimo final de semana!

Faça você mesmo - 3 Gorros em tricô para Bebê

Para combinar com os sapatinhos que mostrei no último post fiz também os gorros em tricô, usando o mesmo material: fio Super Bebê da Cisne e agulhas de tricô número 3.



Gorro 1

       Ponto arroz (fantasia) :  1a. carreira : *1 meia, 1 tricô*  repetir até o final da carreira ;  2a carreira : desencontrar os pontos ponto tricô sobre meia e meia sobre tricô.
         Montar 102 pontos na agulha trabalhar 8 carreiras em tricô ( 4 cordões), 1 carreira de passa . Continuar trabalhando no ponto fantasia até 15 cm no total). Arrematar 33 pontos de cada lado e continuar apenas os 33 pontos centrais em ponto meia (direito meia, avesso tricô) por mais 11 cm. Costurar conforme o gráfico.

          Depois de costurado, na parte correspondente ao pescoço, montar  os pontos e fazer  4 carreiras (2 cordões) em tricô, 1 carreira de passa fita (*2 pontos juntos em tricô, 1 laçada, 1 tricô* ; repetir de * a * até o final da carreira) 4 carreiras (2 cordões) em tricô , arremate e passe a fit…

Presépios em Crochê

O Presépio é um dos símbolos mais bonitos do Natal. Sua origem vem do século XII quando São Francisco de Assis numa noite de Natal fez a representação do nascimento de Jesus  com a imagem do Menino rodeado por um boi e um jumento vivos. Essa encenação repercutiu primeiro na Itália , se espalhou  entre a nobreza europeia e depois para todas os lugares, tornando-se um dos mais tradicionais símbolos natalinos.
               Hoje é possível vermos presépios feitos dos mais diversos materiais e formatos, mas todos lembram o significado do Natal e o nascimento de Jesus.
                    Abaixo alguns presépios feitos em crochê para comemorar o Natal:
                     Em crochê Filé (aqui)


                  Em estilo amigurumi   (aqui)

                 Cheio de detalhes com carneirinhos fofos (aqui)






                Em branco com pérolas (aqui)

             Usando rolhas de vinho (aqui)


               Por último dois modelos bem simples que não são de crochê, mas que p…

Casaquinho de Bebê em Crochê

Dois casaquinhos em crochê para bebê. Não é nenhum modelo novo, mas embora sendo muito tradicional é muito fácil fazer e deixa  o bebê quentinho.
                 Esse modelo de casaquinho foi uma das primeiras coisas que aprendi a fazer em crochê, acho eu deveria ter uns 12- 13 anos. Aprendi com minha avó  (sempre ela...) e continuo a repetir até hoje.
                Dá para variar o tamanho para bebês maiores ou recém nascidos, não tem costuras  e o ponto fantasia pode ser qualquer um que você queira. Já fiz até usando somente ponto alto na peça inteira.
                 Não vou escrever uma receita, mas olhando as fotos e com algumas dicas dá para fazer tranquilamente.
                   Começamos pelo decote e usando pontos altos. Esses casaquinhos da foto são um pouco maiores acho que para um bebê de 3-6 meses.
                  Começar fazendo uma correntinha de 72 pontos, 3 correntinhas para virar e fazer pontos alto da seguinte maneira : 12 ponto alto (frente…